Empresário é encontrado morto com tiro no rosto na MT-170

Reprodução

Fonte: Muvuca Popular

Da Redação

 

O proprietário de uma oficina mecânica, identificado como Clever Luciano Venâncio, de 39 anos, foi encontrado morto com um tiro no rosto nesta quarta-feira (19), na rodovia estadual MT-170, em Lambari D’Oeste (319 km de Cuiabá). Alex Junior Cardoso, de 22 anos, foi preso e alegou que o matou depois de ser assediado por ele.

Conforme o boletim de ocorrência, o pai da vítima procurou a polícia para informar o desaparecimento do filho, após ele ligar em seu telefone e outra pessoa atender, dizendo que encontrou o aparelho caído perto da MT-247.

Durante as diligências, o carro da vítima foi localizado no bairro Cohab Planalto. Em seguida, o corpo foi encontrado por funcionários de uma cooperativa.

Foi realizado um cerco e todos os carros que passavam pela MT-170 foram parados. A PM abordou um táxi que seguia na estrada cujo passageiro não portava nenhum documento, levava mais de mil reais em espécie e ficou nervoso com a aproximação dos policiais. Ao ser questionado, entrou em contradição e acabou confessando ter matado Clever.

O suspeito disse que cometeu o crime após a vítima o assediar em um bar da cidade. Ele saiu do bar e retornou com um revólver calibre 38, em seguida, saiu do bar com a vítima e foi até a MT-170, onde atirou contra o rosto de Clever. Após cometer o crime ele fugiu com o carro da vítima, VW Up, e abandonou na entrada da cidade.

Ele contou que deixou a carteira e a arma usada no crime em uma residência, ficando com a maior parte do dinheiro. No endereço apontado pelo suspeito, os policiais apreenderam mais de 30 porções de pasta base e maconha e a chave do veículo da vítima.

Alex foi conduzido para a Delegacia de Rio Branco (335 km de Cuiabá) e autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado.